Ultima atualização 15 de dezembro

Catástrofes ocasionam perdas de US$ 350 bi em 2011

As catástrofes naturais e desastres provocados pelo homem geraram perdas (seguradas e não seguradas) de US$ 350 bilhões em 2011 – em comparação com US$ 226 bilhões em 2010. Esses dados foram publicados no estudo sigma, da Swiss Re. Apenas os sinistros causados por catástrofes naturais atingiram US$ 103 bilhões em 2011, em comparação com US$ 43 bilhões no ano passado. O terremoto no Japão (foto) foi o responsável pela maior parte das perdas econômicas deste ano. Nos primeiros onze meses do ano, as catástrofes ceifaram a vida de mais de 30 mil pessoas, a maioria delas no Japão.
Segundo Kurt Karl, economista chefe da Swiss Re,”2011 foi outro ano de terremotos bastante trágicos e custosos. Infelizmente, a cobertura de seguros para terremotos ainda é bastante baixa, mesmo em alguns países industrializados com riscos sísmicos elevados, como o Japão. Assim, além da perda de seus entes queridos, as sociedades enfrentam prejuízos financeiros enormes que precisam ser suportados pelas empresas, organizações humanitárias ou governos e, em última análise, pelos contribuintes.”
Com aproximadamente US$ 108 bilhões em perdas seguradas com catástrofes, 2011 se coloca com um dos anos mais gravosos da história do setor segurador, superado apenas por 2005 (US$ 123 bilhões).

G.F.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice