Ultima atualização 03 de maio

CNseg integra Pacto Nacional pela Inclusão Produtiva das Juventudes

Projeto visa a construção de políticas públicas para promoção de oportunidades de emprego e formação profissional para jovens

A CNseg (Confederação Nacional das Seguradoras) integra oficialmente o Pacto Nacional pela Inclusão Produtiva das Juventudes, uma iniciativa da frente de juventudes do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT). O projeto visa a construção de políticas públicas para promoção de oportunidades de emprego e formação profissional para jovens em situação de vulnerabilidade.

A superintendente de Relacionamento com o Poder Executivo da CNseg, Laíne Meira, participou da primeira reunião do comitê gestor, realizada este mês na sede do MTE. A executiva, em conjunto com a superintendente de Relações de Consumo e Sustentabilidade, Luciana Dall’Agnol, integra o colegiado. A próxima reunião do comitê está marcada para agosto, durante o encontro da Juventude no G20, que acontecerá no Rio de Janeiro.

Atualmente, o Brasil tem cerca de 560 mil jovens aprendizes, mas o Governo Federal tem a meta de alcançar 1 milhão de pessoas.

Firmado no final de 2023, o Pacto tem como seu principal objetivo ser um instrumento de mobilização social para a construção de ações concretas para a inclusão produtiva de jovens até 2030 no Brasil.

O projeto é desenvolvido, em conjunto, pelos governos federal, estadual e municipal, além de empresas e cooperativas, entidades formadoras, organização de trabalhadores e de empregadores, fundações, institutos e movimentos da juventude. O papel da CNseg será colaborar com instituições de ensino e entidades formadoras para criar programas de estágio remunerado, primeiro emprego e aprendizagem profissional voltados para jovens.

Além disso, a CNseg promoverá, em parceria com entidades formadoras, o desenvolvimento de currículos alinhados com as necessidades do mercado de trabalho, garantindo que os jovens adquiram habilidades e competências alinhadas com demandas reais do mercado. A Confederação oferecerá ainda orientação e apoio no desenvolvimento profissional de jovens, e atuará na promoção de ambientes de trabalho inclusivos, acolhedores e não discriminatórios, garantindo a diversidade, a igualdade de oportunidades, o respeito e ambientes livres de violência e assédio de qualquer tipo.

Um exemplo de projeto em linha com os objetivos do Pacto Nacional pela Inclusão Produtiva das Juventudes é o Programadores Cariocas no Mercado Segurador, parceria da CNseg e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac RJ), com apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Voltado ao treinamento em análise de dados associada a conhecimentos do setor segurador, o projeto visa qualificar jovens egressos da rede pública de ensino e participantes da fase inicial do Programadores Cariocas, oferecido pela Prefeitura em 2023. A expectativa é formar 50 alunos e contribuir para reduzir o déficit de profissionais capacitados para atender às demandas do setor segurador em tecnologia. Outros estados, como o Pará, também devem participar do projeto ainda este ano.

N.F.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.

Powered By
Best Wordpress Adblock Detecting Plugin | CHP Adblock