Ultima atualização 19 de junho

Férias também requerem uso moderado de energia elétrica

Executivo da Mapfre Assistance dá dicas de como economizar na conta e contribuir com o meio ambiente no período

Turn-light-1

A temporada de férias é sempre muito esperada para aproveitar uma viagem mais longa ou apenas descansar com a família em casa. Essa ocasião também pode ser uma oportunidade para economizar energia elétrica, diminuindo as despesas no fim do mês e contribuindo com a preservação do meio ambiente.

A precaução começa sabendo identificar quais eletrodomésticos gastam mais energia e devem ser desligados quando não estão sendo usados. “Aparelhos como lava louças, forno elétrico, chuveiro elétrico, micro-ondas e tanquinho são os mais ’gastões’. Podem e devem ser desconectados da tomada quando saímos de férias ou mesmo quando ficaremos longos períodos sem os utilizar”, alerta o supervisor da frota de atendimento de Assistência Residencial da Mapfre Assistance, Luiz Carlos dos Santos.

Outros aparelhos eletrônicos como televisão, computadores e home theathers também podem ser desplugados quando não estiverem em uso, pois mantê-los em modo de espera pode significar um aumento de 12% na conta no fim do mês. A única ressalva fica com geladeiras e freezers, eletrodomésticos que acabam consumindo bastante energia elétrica, no entanto, mas não pode ser desligado devido à refrigeração dos alimentos.

Mesmo que viajar não esteja nos planos de quem está de férias, é possível economizar estando em casa com atitudes simples e um pouco de atenção. Manter a televisão desligada quando ninguém está assistindo, lavar o máximo de roupas possíveis de uma única vez e seguir a mesma “regra” para passar as roupas, além de retirar os carregadores das tomadas podem garantir uma redução no calculo do período. Outro hábito que deve ser repensado é notar quantas vezes a geladeira é aberta sem motivo. “Esse costume é muito comum entre adultos e crianças, principalmente quando se passa longos períodos em casa, e aumenta o consumo de energia elétrica consideravelmente”, diz Santos.

Já para evitar a possibilidade de curto-circuito, a dica é não sobrecarregar as tomadas com benjamins e réguas ou ligar diversos aparelhos ao mesmo tempo. “O curto-circuito ocorre porque a corrente elétrica que sai do gerador percorre todo o circuito e volta com a intensidade muito elevada. Essa sobrecarga pode queimar os aparelhos eletroeletrônicos e em casos mais graves pode inclusive iniciar incêndios”, explica o executivo. Fazer frequentemente a manutenção da fiação elétrica do lar e sempre estar atento aos fios desencapados é outra dica básica que deve estar sempre no radar.

A Light, empresa fornecedora de energia elétrica do Rio de Janeiro, aconselha a dar preferência a lâmpadas e eletrodomésticos com o Selo Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica), manter sempre o filtro do ar condicionado limpo e o termostato regulado e sempre desligá-lo ao sair de casa. Outra dica da Light é evitar banhos demorados e em horários de picos (18h às 22h), além de deixar o chuveiro na posição “verão”, de acordo com a companhia isso reduz o consumo de energia em até 30%.

Em caso de dúvidas em relação à conta de luz, o consumidor deve procurar a concessionária de energia. Em caso de emergência na parte elétrica, a recomendação é não resolver sozinho, mas procurar um eletricista de confiança, que também é disponibilizado em apólices de seguro ou pode ser adquirido planos de assistência residencial.

Confira abaixo outras dicas que contribuem para a economia de energia elétrica:

tabela energia

L.S.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.