Ultima atualização 02 de abril

Salões de beleza recebem seguro com coberturas específicas

Yasuda lança produto que cobre eventuais danos aos cabelos de clientes por problemas como queimaduras pelo uso de secador ou chapinha e até reembolsa novos tratamentos

A Yasuda Seguros acaba de lançar um seguro especialmente voltado para atender às necessidades específicas dos salões de beleza. O Yasuda Salões de Beleza oferece coberturas exclusivas, além da opção de ampliar a proteção com mais 12 itens adicionais.
O novo produto traz coberturas exclusivas contra danos aos clientes em virtude de ocorrências com tesoura, máquina para corte de cabelo ou navalha ou ainda queimaduras pelo uso de secador ou chapinha e de tratamento químico (alisamento, permanente, tintura, etc.). Outra cobertura diz respeito à recuperação dos danos ao cabelo, na qual os custos de um novo tratamento para o cabelo ou couro cabeludo são reembolsados. Para os salões que dispõem de serviço de manobrista, o seguro também cobre sinistros ocorridos no percurso entre o salão e o estacionamento. Já a cobertura Lucro Líquido propicia recursos contra eventuais impedimentos de acesso e gastos extraordinários.
“Nossa meta é ampliar o leque de opções dos seguros empresariais e oferecer proteção aos pequenos e médios empresários por meio de produtos que lhes tragam tranquilidade e agilidade com um serviço de qualidade. O lançamento do produto atende um setor comercial que tem crescido vertiginosamente nos últimos anos”, diz Leandro Poli, diretor técnico da seguradora.
As coberturas adicionais ao seguro incluem ocorrências de incêndio, raio e explosão, danos elétricos e de equipamentos eletrônicos, roubo de bens, perdas e despesas com aluguel, equipamentos de estacionamento, anúncios luminosos, fidelidade de empregados e Lucros Cessantes (prejuízo pela interrupção da atividade).
Segundo dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), há cerca de 342 mil salões de beleza formalmente registrados no Brasil, dos quais 286 mil são microempreendedores (MEI). Vale considerar que o País é o terceiro maior mercado do setor de produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos (HPPC), que registrou um faturamento de R$ 34 bilhões em 2012 (líquido de impostos sobre a venda) e ficou atrás somente do Japão e dos Estados Unidos.

T.C.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.

Powered By
100% Free SEO Tools - Tool Kits PRO