Ultima atualização 02 de abril

Quenianos vencem etapa Marília do Circuito da Longevidade

A estreia da temporada 2012 do Circuito da Longevidade Bradesco Seguros teve como vencedor, no pelotão masculino, o atleta queniano Stanley Koech. Ele reconheceu a qualidade técnica dos adversários e disse que a vitória não foi tranquila. “O percurso é muito rápido, plano, e precisei ficar muito atento aos outros corredores, de alto nível”, afirmou.
Sua conterrânea, Paskalia Kipkoech, também primeira colocada, chamou atenção pela rapidez e ótimo preparo físico. O segundo colocado entre os homens, Carlos Antônio dos Santos, natural de Marília, disse que considerou a conquista seu presente de aniversário para o município, que completa 83 anos dia 4 de abril. “Foi uma disputa fortíssima, estou muito feliz por subir ao pódio e ser aplaudido pelo povo da cidade”.
Tatiele de Carvalho foi a brasileira melhor colocada. Pelo segundo ano consecutivo ela chegou em segundo lugar. “A Paskalia é uma corredora de primeiríssima qualidade, foi uma prova bem difícil”, avaliou. Cerca de 1 mil atletas ao todo, entre corredores de elite e amadores, participaram da corrida de 6k na Avenida das Esmeraldas.
O grupo de caminhantes largou, no mesmo lugar, às 9 horas, com 2 mil pessoas, aproximadamente. Eles percorreram 3km. “O percurso de Marília é um dos mais rápidos do Circuito e atrai muitos corredores. Por ser um evento de grande porte para o município, também costuma ter uma adesão muito grande de público”, disse Lauter Nogueira, coordenador técnico da prova.
Com 76 anos de idade, José Correia de Oliveira completou a corrida em pouco mais de 30 minutos. Foi homenageado no palco com um troféu. “Envelhecer sentado no sofá vendo televisão não dá. Bom mesmo é correr, fazer exercício, participar de provas como esta. Eu me sinto cada vez melhor e espero correr até os 100 anos ou mais”, disse.
Entre os caminhantes, destacou-se pela longevidade Maria de Lourdes Diniz Ferraz, de 83 anos. “Acordo cedo, caminho todo dia, participo de grupos de terceira idade e cuido da minha casa. Espero que as novas gerações sigam nossos exemplos, fazer exercício dá muita disposição”, afirmou.
Toda renda obtida com as inscrições no Circuito da Longevidade é sempre doada a uma entidade de cunho social selecionada pela prefeitura do município. Em Marília, foi beneficiado o Fundo Social de Solidariedade. Para finalizar o evento, grupos de capoeira, muay thai e taekwondo se apresentaram para o público presente.
Além de Marília, o Circuito estará, este ano, em mais 13 municípios. O próximo será São José do Rio Preto, no dia 6 de maio.

Revista Apólice área de seguros no Brasil

G.F.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice