Ultima atualização 03 de outubro

FenaSaúde debate os desafios da saúde suplementar no envelhecimento da população

Entidade fez a curadoria de um painel dedicado ao tema durante a 5ª edição do Longevidade Expo+Fórum

Para debater “Os Desafios da Saúde Suplementar com o Envelhecimento da População”, a FenaSaúde (Federação Nacional de Saúde Suplementar), entidade representante das principais operadoras de planos de saúde do país, fez a curadoria de um painel dedicado ao tema durante a 5ª edição do Longevidade Expo+Fórum. O evento aconteceu em São Paulo, de 29 de setembro a 1º de outubro – Dia Internacional das Pessoas Idosas e Dia Nacional do Idoso.

Durante uma hora de debate, sob mediação de Beltrina Côrte, CEO do Portal do Envelhecimento e mediadora do painel, foram abordados temas como a oferta de programas de prevenção de doenças e a manutenção do acesso dos idosos aos planos de saúde. Nos últimos dez anos, o crescimento de beneficiários de planos de saúde acima dos 60 anos cresceu 32,6%, enquanto a faixa etária dos 20 aos 39 anos teve queda de 7,6%. Esses números trazem um grande desafio para os planos de saúde: o equilíbrio do pacto intergeracional.

“O crescimento de beneficiários de faixas etárias de maior idade frente à saída dos jovens desafia os planos de saúde. Por isso, estimular o autocuidado para um envelhecimento ativo e saudável é tão importante. Para vivermos mais e melhor, de forma física e mental, esse movimento deve ser feito em conjunto com toda a sociedade”, afirmou Hellen Harumi Miyamoto, superintendente de Avaliação de Tecnologia em Saúde e Cobertura Assistencial da FenaSaúde.

Em complemento às discussões do painel, a professora titular dos cursos de Medicina e Direito do Centro Universitário São Camilo, Maria Elisa Gonzalez Manso, abordou a relação entre o envelhecimento e as determinantes sociais da saúde. “Há uma série de condições socioeconômicas e políticas que determinam o envelhecimento. Esses determinantes sociais, como gênero, cor da pele e orientação sexual, atravessam nossa vida desde o nascimento. Por isso, para alcançarmos melhorias nesse processo de envelhecimento não podemos olhar a população de forma homogênea.”

Para apresentar de forma prática como os planos de saúde cuidam da população idosa, o médico e superintendente de Rede Assistencial e Atenção à Saúde da Seguros Unimed, Rafael Marques Lelpo, falou sobre os desafios da gestão populacional para permitir uma atenção diferenciada e mais efetiva aos beneficiários acima dos 60 anos. Ele explicou como o uso da tecnologia e inteligência artificial, aliada à visita domiciliar e observação do entorno do paciente são fundamentais para os programas de gestão de saúde na atualidade.

N.F.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.

Powered By
100% Free SEO Tools - Tool Kits PRO