Ultima atualização 21 de junho

Generali estende licença-maternidade e paternidade para colaboradores

Benefício faz parte do Programa Empresa Cidadã, do Governo Federal. Objetivo da seguradora é reforçar a estratégia de ser um empregador responsável

Atenta ao bem-estar e qualidade de vida de seus colaboradores, a Generali aderiu ao Programa Empresa Cidadã, do Governo Federal. A iniciativa favorece os futuros mamães e papais da companhia por meio da extensão das licenças maternidade e paternidade.

Para a diretora de RH da seguradora, Débora Pinto, o benefício reforça a valorização da estratégia de sustentabilidade de ser um empregador responsável: “Acreditamos que a decisão possibilitará mais conforto, qualidade de vida e mais tempo dos nossos funcionários e funcionárias com seus filhos. Esse é um momento especial e de muitas mudanças na vida de uma pessoa e queremos que ele seja aproveitado da melhor maneira possível, seja no nascimento ou na adoção da criança”, afirma.

Com isso, a colaboradora em licença-maternidade terá direito a 60 dias remunerados a mais do que o previsto em lei, ou seja, seis meses no total. Além disso, na Generali, ela já conta com a possibilidade de trabalhar remotamente até que a criança que tenha a alimentação pelo leite materno complete um ano. Já para o colaborador, serão concedidos 15 dias de licença-paternidade, mantida a remuneração, além dos cinco dias previstos na lei, somando 20 dias.

Um dos diferenciais é que o programa também contempla pais que optaram pela adoção. Entretanto, o período de extensão varia de acordo com a idade da criança, sendo 60 dias quando se tratar de criança de até um ano; 30 dias para crianças de um até quatro anos; e 15 dias para crianças a partir de quatro anos até completar oito anos de idade. No caso da licença-paternidade, os pais têm direito à prorrogação de 15 dias.

Além desse benefício, a Generali introduziu um kit boas-vindas para os papais e mamães contendo produtos de higiene e cuidados para o bebê.

Para as colaboradoras gestantes, também é assegurada uma folga por mês para realização do pré-natal e isenção da coparticipação do plano de saúde para esta finalidade.

Os colaboradores também podem acompanhar suas parceiras gestantes durante todo o pré-natal, sendo assegurado a eles um dia do mês para esta finalidade e a isenção da coparticipação para o pré-natal.

N.F.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.

Powered By
Best Wordpress Adblock Detecting Plugin | CHP Adblock