Ultima atualização 23 de setembro

Prêmios dos seguros de vida da Rússia devem cair 7,3% em 2022

Segundo um relatório da GlobalData, o PIB russo se contrairá em 12,3% e a inflação permanecerá acima de 15% neste ano

O impacto econômico das sanções globais impostas à Rússia após a invasão da Ucrânia pelo país desacelerará o crescimento da indústria de seguros de vida do país nos próximos anos, segundo a GlobalData. De acordo com a empresa, os prêmios brutos emitidos (GWP) de seguro de vida na Rússia devem cair 7,3% em 2022 em comparação com o crescimento de 21% alcançado em 2021.

O último relatório da GlobalData, ‘Seguro de Vida na Rússia: Principais tendências e oportunidades para 2026‘ , revela que os GWPs de seguro de vida devem registrar uma baixa taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 3,1% em 2021-26 em comparação com o CAGR de 11,5% observado durante o período 2017-21.

Katam Prasanth, analista de Seguros da GlobalData, comenta : “A Rússia é um dos poucos países onde o segmento de seguros de vida se recuperou rapidamente do impacto da pandemia de Covid-19. Devido às sanções pesadas, a economia da Rússia e seu setor de seguros foram significativamente impactados com a alta inflação e piora das condições comerciais e econômicas. A GlobalData estima que o PIB russo se contrairá em 12,3% e a inflação permanecerá acima de 15% em 2022.

Para conter a alta inflação do país, o Banco Central da Rússia (CBR) primeiro aumentou sua taxa básica de juros para 20% em fevereiro, e depois a reduziu para 8% em julho, com a queda da inflação devido ao rublo forte. Taxas de juros mais altas do que o esperado tornaram os depósitos bancários mais atrativos em relação aos produtos de seguro de vida vinculados a investimentos (ILI), um dos principais impulsionadores do crescimento do seguro de vida no país. Além disso, as restrições ao investimento em títulos estrangeiros devido a sanções levaram a um declínio na demanda por produtos ILI, que deve continuar em 2023.

Prasanth continua: “Como resultado de toda essa disrupção no mercado, espera-se que a atividade de fusões e aquisições aumente à medida que as oportunidades de investimento das seguradoras são limitadas e menores, com empresas menos capitalizadas previstas para se fundirem com os maiores players para se manterem à tona”.

Muitas seguradoras estrangeiras anunciaram planos para sair completamente do mercado russo. Entre elas destaca-se a Generali, que encerrou seu escritório de representação em Moscou, retirou-se da Ingosstrakh, onde detinha 38,5% das ações, e fechou sua divisão russa da Europ Assistance. O Allianz Group também anunciou planos de vender suas operações russas para a Zetta Insurance.

Prasanth acrescenta: “A GlobalData espera que o crescimento do setor de seguros de vida da Rússia permaneça moderado nos próximos anos, à medida que mais ventos contrários econômicos e disruptivos são esperados resultantes do conflito na Ucrânia”.

N.F.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.

Powered By
100% Free SEO Tools - Tool Kits PRO