Ultima atualização 01 de abril

Unimed-Rio oferece Programa de Saúde Mental para seus colaboradores

Iniciativa conta com palestras sobre o cuidado com a saúde emocional, assistência psicológica online e orientação profissional especializada nas áreas social, jurídica e financeira

No mês em que é comemorado o Dia Mundial da Saúde (7 de abril), a Unimed-Rio Empreendimentos lançou o seu Programa de Saúde Mental voltado para os colaboradores. A iniciativa conta com palestras sobre o cuidado com a saúde emocional, assistência psicológica online e orientação profissional especializada nas áreas social, jurídica e financeira.

Hoje, 1º de abril, os colaboradores da operadora tiveram uma palestra com a psicóloga Patrícia Lenine sobre a importância de cuidar da saúde emocional no auditório do Hospital Unimed-Rio, com transmissão online ao vivo para todo o Grupo. Já no final de semana, nos dias 2 e 3 de abril, será realizado um aulão funcional com Chico Salgado, conhecido por ser personal trainer de famosas como Bruna Marquezine, Grazi Massafera e Carolina Dieckmann. A ação vai acontecer na Arena Unimed-Rio Lagoa e terá distribuição de brindes, além de café da manhã e espaço massagem.

“Vivemos um período extremamente desafiador, especialmente para os nossos colaboradores, que estiveram na linha de frente do combate à Covid-19. Por isso, procuramos sempre promover ações voltadas à saúde física e mental do nosso time, que tem papel fundamental no cuidado com a vida de nossos clientes”, afirmou Gisele Pontes, coordenadora de Gente e Gestão da Unimed-Rio Empreendimentos.

Importância da saúde mental no ambiente de trabalho

Nunca se falou tanto em Saúde Mental como nos últimos tempos. Na pandemia, a “velha poeira” empurrada para debaixo do tapete veio à tona: problemas antigos de depressão, ansiedade e mal-estar; os pensamentos negativos e os relacionamentos ruins. Isso porque grande parte das pessoas não estava acostumada a dar importância ao lado socioemocional, ou seja, como reconhecemos e lidamos com as emoções.

Aqueles indivíduos que nunca tinham pensado nos questionamentos internos passaram a observar o que não lhes fazia bem. Com isso, tivemos aumento de casos de ansiedade e depressão, segundo apontam pesquisas recentes.

No ambiente de trabalho, não é diferente. O corpo humano manda diversos sinais, por isso, a auto-observação pode evitar o agravamento de problemas de saúde e saber a hora de pedir ajuda médica. Síndrome da fadiga crônica, transtorno de ansiedade generalizada, síndrome e transtorno do pânico e Burnout (ou síndrome do esgotamento profissional) são alguns desses exemplos.

N.F.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.