Ultima atualização 15 de agosto

Santos recebe nova turma do programa Porteiro Amigo do Idoso

Iniciativa de grupo segurador já capacitou cerca de três mil profissionais de portaria nas principais cidades da região Sudeste

Santos

A cidade de Santos recebe hoje (15) uma nova turma do programa “Porteiro Amigo do Idoso”. Idealizada pelo Grupo Bradesco Seguros, a iniciativa capacita profissionais de portaria para que ofereçam soluções e cuidados adequados às necessidades dos moradores idosos. Com metodologia de ensino desenvolvida pelo Senac RJ, as aulas gratuitas serão realizadas nos dias 15, 16 e 17 de agosto, entre 13 horas e 17 horas, no Senac Santos (Avenida Conselheiro Nébias, 309, bairro Vila Mathias).

Para participar, o porteiro deve estar autorizado pelo síndico e atuar na região que abrange os bairros de Aparecida, Embaré, Boqueirão, Gonzaga, Ponta da Praia, Campo Grande, Marapé e Pompéia. Interessados devem entrar em contato pelo telefone (13) 2105-7799.

Criado em 2010, a partir de pesquisa com cidadãos longevos do bairro de Copacabana, que apontou o porteiro como o “melhor amigo do idoso”, o programa “Porteiro Amigo do Idoso” está presente nos principais centros urbanos dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, somando mais de 1,5 mil condomínios de 11 cidades da Região Sudeste e aproximadamente três mil profissionais capacitados.

O treinamento inclui uma vivência para que os alunos aprendam a se colocar no lugar dos idosos. Óculos para dificultar a visão, pesos nos pés e aparelho auricular, entre outros artifícios, são utilizados de forma que os porteiros sintam as limitações da idade e reflitam sobre as dificuldades enfrentadas pelos mais velhos.

Idosos em Santos

Uma das cinco cidades paulistas cobertas pelo programa, Santos foi escolhida por apresentar uma das mais elevadas populações idosas (60 anos ou mais) do estado de São Paulo, equivalente a 19% do total, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – o percentual supera a média nacional, em torno de 13%.

Ainda de acordo com o IBGE, a população de idosos no Brasil era de aproximadamente 26,1 milhões de indivíduos em 2013. A estimativa é que esse universo triplique até 2050, chegando a 30% da população brasileira, o que significa que para cada grupo de dez pessoas três serão idosas.

“O programa faz parte do compromisso do Grupo Bradesco Seguros com ações que incentivem a conquista da longevidade com qualidade de vida, saúde e bem-estar. Em relação aos porteiros, essa iniciativa contribui também para que se tornem ainda mais amigos dos idosos e entendam o processo de envelhecimento em todos os seus aspectos”, explica Eugênio Velasques, diretor do Grupo.

A iniciativa foi desenvolvida sob a orientação do médico e pesquisador em saúde pública Alexandre Kalache, conselheiro sênior sobre Envelhecimento Global da Academia de Medicina de Nova York (The New York Academy of Medicine) e ex-coordenador de programas de envelhecimento da Organização Mundial da Saúde (OMS). Considerado uma das maiores autoridades internacionais em gerontologia, Kalache é consultor do Grupo Segurador para questões relacionadas à longevidade.

Em pesquisa realizada recentemente nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, o Grupo apurou o impacto do programa sobre os moradores dos condomínios alcançados. Para metade dos moradores idosos ouvidos, os porteiros passaram a mostrar mais “respeito e atenção” no relacionamento com eles. Do total de moradores em geral, 78% afirmaram se sentir mais seguros sabendo que o condomínio possui profissionais preparados; 74% percebem que os porteiros estão mais cuidadosos com os idosos; e 72% passaram a ver a função de profissionais de portaria com mais importância.

L.S.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice