Ultima atualização 19 de outubro

3 pessoas são presas suspeitas de fraudar seguro DPVAT

Operação da Polícia Civil identificou grupo que agia desde 2013 no estado de Goiás. No total, foram cumpridos 16 mandados judiciais em Goiânia

dpvat

A Polícia Civil prendeu, no dia 18 de outubro, três pessoas suspeitas de cometer fraudes para regatar o seguro DPVAT, em Goiânia. Segundo a investigação, o trio integra uma quadrilha que falsificava recibos para superfaturar e receber o benefício no nome de terceiros. Segundo a delegada Érika Botrel, o grupo abordava pacientes na porta de hospitais.

De acordo com elas, eles faziam recibos com quantidade superior aos serviços médicos utilizados pelos segurados. “Há uma lesão. Esta lesão precisa de cinco sessões de fisioterapia, mas no processo de reembolso de despesas médicas DPVAT eram acostados recibos de 30 sessões, quando na verdade foram realizadas somente cinco”, explicou a delegada.

Operação

A operação foi deflagrada na manhã da última terça-feira na capital. De acordo com a delegada, a polícia começou a investigar o grupo depois que a seguradora responsável pelo DPVAT identificou documentos falsos durante uma auditoria. Segundo ela, o grupo cometia as fraudes desde 2013, mas ainda não é possível afirmar o prejuízo causado pela quadrilha.

Além das prisões, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão e dez pessoas foram conduzidas coercitivamente para depor.

Fonte: Portal G1

L.S.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice