Ultima atualização 30 de março

Taxas de seguros ficam estáveis nos países da América Latina e Caribe

Marsh analisa os fatores macro, micro econômicos e políticos que vão e estão influenciando na queda ou alta dos preços dos seguros

MARSH

A Marsh acaba de divulgar o estudo Insurance Market Report 2015, que revela que os mercados de seguros na América Latina e na região do Caribe ficaram, em grande parte, estáveis em 2014, semelhantemente aos dois anos anteriores analisados. O documento traz indicadores, análises e tendências de preços de seguros em dez países da América Latina e Caribe (entre eles Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, República Dominicana, México, Peru, Porto Rico, Uruguai e Venezuela) e analisa os fatores macro e micro econômicos e políticos que vão e estão influenciando na queda ou alta dos preços nos respectivos países.

De acordo com o relatório, a Venezuela continua sendo o mercado mais desafiador para os segurados, com taxas crescentes em todas as linhas de cobertura. Também se observou aumento de taxas em algumas linhas de cobertura em países como Argentina, Brasil, Peru, Porto Rico e Uruguai.

Planos de saúde

Os planos de saúde estão entre as linhas de seguros que trouxeram maiores desafios no ano passado. Resultado dos crescentes custos devido à inflação, o custo médico e do maior número de sinistros na maioria dos dez países analisados.

Em linhas gerais, o Insurance Market Report 2015 mostra que os segurados continuam se beneficiando dos esforços das seguradoras locais e internacionais para fornecer soluções inovadoras às crescentes economias da América Latina, bem como da capacidade necessária de manter as taxas de seguro relativamente estáveis – apesar do aumento da demanda por cobertura em várias linhas.

O estudo completo pode ser conferido no link http://goo.gl/ZNXayg.

L.S.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice