Ultima atualização 08 de abril

Consede: Uma história de amor ao mercado de seguros

Marcio Silva é despachante, corretor de seguros e gestor jurídico, notarial e de registro conta a história da corretora Consede

EXCLUSIVO – Mais do que necessidade, empreender faz parte de um estado de espírito de mudança, de tentar alguma coisa nova que seja capaz de atender a várias demandas, sejam elas internas (como a subsistência ou a satisfação pessoal) ou externas (carências do mercado). A história da Consede, que completa 15 anos neste mês de abril, começou há quase 25 anos, quando seu fundador, Marcio Silva, decidiu que era hora de abandonar o cargo de gerente de compras em uma empresa de engenharia, em São Paulo.

“Resolvi que era hora de empreender e entrei como sócio em um escritório de despachante. Neste momento, florescia o espírito empreendedor”, conta Marcio Silva, relembrando este momento tão marcante. Aos poucos foi sendo desenvolvida uma forma de atendimento diferenciado em relação aos outros escritórios de despachantes em São Paulo que, naquele período, tratavam os clientes com um jeito “tosco”, beirando o agressivo.

“Apesar do escritório seguir bem financeiramente, no meu entendimento faltava alguma coisa para agregar qualidade ao negócio. Naquela época, já havia a tendência da tecnologia ocupar espaço do profissional e eu vislumbrava a queda da atividade profissional. Infelizmente, colegas que não tiveram visão de longo prazo acabaram perdendo muito negócios”, lamenta Marcio Silva.

A virada da chave

Uma ligação telefônica do corretor de seguros para tratar da renovação do seguro de automóvel acendeu uma luz: “nasceu a percepção de que faltava algo mais para agregar serviços ao meu negócio. Meu sangue já borbulhava para descobrir como me tornar um corretor de seguros”, lembra o profissional.

Imbuído do espírito de começar algo novo, Marcio Silva conversou com o seu corretor e logo se tornou um produtor da empresa, fazendo a indicação de clientes que já faziam parte da sua carteira. A cada negócio concretizado recebia uma comissão. “Aceitei este novo desafio, sem saber que este seria o maior da minha carreira”.

Ao perceber que a corretora para a qual encaminhava sua produção já não estava dando conta de atender a demanda gerada pelo escritório de despachante, Silva percebeu que era o momento de dar um passo ainda maior. Durante os dois anos de parceria, o corretor de seguros percebeu a importância do atendimento criterioso e rápido aos clientes.

Assim, Marcio Silva, em 2003, iniciou seu curso de formação de corretor de seguros na Escola de Negócios e Seguros (antiga Funenseg). Já pronto para o mercado, ele investiu na criação da Consede, em 2007, cujo nome vem de Consultoria em Seguros e Despachos. “São 15 anos de muito trabalho, disciplina, desafios e coragem. Estamos em festa, porque sabemos como é difícil empreender no Brasil”, completa.

“Ouvir o cliente e entender as suas reais necessidades é o ponto forte da Consede”, explica Marcio Silva. Por conta de seu DNA de despachante, a corretora tem na carteira de automóveis sua maior fonte de receita. Porém, a diversificação de produtos e serviços é uma realidade presente, atendendo aos setores de empresarial, vida e previdência, consórcio e garantias de contratos. A carteira de clientes já conta com quase 1500 segurados ativos em todos os ramos. É uma história de sucesso.

Kelly Lubiato
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.

Powered By
Best Wordpress Adblock Detecting Plugin | CHP Adblock