Ultima atualização 28 de outubro

Zurich passa a utilizar o PIX no pagamento de prêmios e comissões

Iniciativa da seguradora visa proporcionar mais comodidade, agilidade e flexibilidade para os segurados e corretores parceiros

De acordo com o Banco Central, o PIX já é o modelo de pagamento eletrônico mais utilizado no Brasil, à frente de instrumentos tradicionais como TED e DOC: apenas 5 meses após lançado, superou 1 bilhão de operações e segue líder na preferência dos usuários. Ciente disso, e visando oferecer mais um meio que propicie comodidade e agilidade aos seus clientes, a Zurich passou a disponibilizar essa modalidade como meio de pagamento para o seu seguro de vida individual.

“A seguradora tem foco no cliente. Por isso, oferecer aos seus segurados do produto ‘vida individual’ a possibilidade de utilizar o PIX no pagamento dos prêmios (que é o nome que se dá para o valor que eles pagam para a contratação dos seguros, seja no montante total ou em parcelas) é uma iniciativa natural, justamente por conta dessa política”, comenta o diretor executivo de Finanças da empresa, Sven Feistel. Ele ressalta ainda que esse avanço permitirá que os corretores parceiros também sejam beneficiados em breve, já que poderão receber a comissão com mais agilidade para esta forma de pagamento.

“Agora, com a implantação de cobrança no seguro de vida por esse método, passamos a disponibilizar mais uma opção para os clientes, que escolhem se desejam pagar o seu seguro por meio de boleto bancário, cartão de crédito, débito automático ou via PIX, que é feito por meio do recebimento mensal de um QR Code, tudo com o objetivo de oferecer conveniência aos nossos segurados”, conta o executivo.

Telegram para post

A empresa também está iniciando o uso do PIX para realização de pagamentos, seja para a comissão dos corretores parceiros, restituição de prêmio, devoluções e indenizações de sinistros (nome que se dá ao evento que é coberto na apólice de seguros), sendo que a modalidade está sendo cada vez mais aprimorada operacionalmente dentro da companhia.

Além dos aspectos de flexibilidade, comodidade, agilidade, menos burocracia e inovação, já que o PIX é um dos meios mais contemporâneos para transferência de valores no setor financeiro do país, o uso da ferramenta também foca na segurança. Isto porque a única chave de endereçamento utilizada pela Zurich nas transações feitas via PIX é o CPF ou o CNPJ do cliente. “Os nossos segurados estão no centro de tudo o que fazemos, bem como a sua segurança. Analisamos o processo e opções e chegamos a um formato em que não há risco de a companhia direcionar o pagamento para alguém diferente do beneficiário”, conclui Feistel.

N.F.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.