Ultima atualização 31 de julho

É fundamental colaborar com rede de parceiros em seguros

63% dos tomadores de decisão na indústria de seguros acredita ser importante colaborar com ampla rede de parceiros para apoio em estratégias de inovação

Apenas 31% das companhias do mercado segurador reconhece o potencial de suas novas atividades de negócios para reformular a cultura de seu negócio principal. Esse é um dos resultados do novo estudo da Accenture, denominado “Make Your Wise Pivot”, realizado com mais de 1.440 executivos líderes (120 no segmento de seguros) de 11 setores em 12 países, incluindo o Brasil.

A pesquisa revela ainda que 63% dos tomadores de decisão na indústria de seguros acredita ser importante colaborar com ampla rede de parceiros para apoio em estratégias de inovação e 52% deles esperam que suas novas atividades de negócios gerem pelo menos metade das receitas de suas empresas nos próximos três anos.

Por fim, 6% das empresas escutadas, de todas as indústrias, conseguiram o que a Accenture chama de “pioneirismo” para novas oportunidades. Quase dois terços (64%), categorizadas como “Rotation Masters”, aumentaram as vendas em pelo menos 11%, enquanto que 57% alcançou os mesmos resultados de crescimento nos lucros (medidos pelo lucro antes dos juros), impostos e depreciação, ou “Ebitida”).

De acordo com Omar Abbosh, diretor de Estratégia (CSO) da Accenture, “as empresas líderes voltam-se para novas oportunidades de sucesso, não por conta de seus negócios herdados, mas porque as fortalecem para liberar os recursos necessários para expandir as novas atividades de negócios. Eles têm a coragem de adotar medidas ousadas – da redução de custos estratégicos, impulsionando a inovação para o núcleo e desinvestindo os ativos de baixo desempenho – para transformar seu core business em novos investimentos”.

Ações de sucesso

As organizações enfrentam desafios diferentes quando mudam para novos negócios. O estudo recomenda uma série de ações para empresas menos avançadas em sua jornada, que seguem abaixo:

Drivers de Rotação – aqueles que geram hoje entre 51% e 75% de suas receitas provenientes de atividades de negócios iniciadas nos últimos três anos – devem:

  • Impulsionar o crescimento em seu core business, não apenas otimizar os custos. Isso pode incluir a aplicação de análises para entender melhor seus clientes existentes e alavancar o marketing e a personalização digitais;
  • Investir deliberadamente em novos negócios escaláveis ​​e de maior potencial – por exemplo, através da aquisição em série de talentos e ativos diferenciados;
  • Revigorar a cultura de seus principais negócios aplicando novos recursos – por exemplo, recrutando cientistas de dados para detectar oportunidades de usar big data de maneira inteligente e responsável.

Iniciantes de Rotação – aqueles que geram entre 1% e 25% de suas receitas a partir de negócios iniciados nos últimos três anos – devem:

  • Reestruturar drasticamente as operações atuais, incluindo o desinvestimento de atividades e ativos de baixo desempenho, para criar capacidade de investimento;
  • Estabelecer capacidades fundamentais de inovação, como laboratórios de inovação, para começar a incubar novas ideias;
  • Formar e expandir parcerias colaborativas para agilizar o teste de novas ideias comerciais e entrar nos mercados com antecedência.

M.S.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.