Ultima atualização 27 de dezembro

Empresários brasileiros estão preocupados com o transporte de cargas

Em dois anos, quadruplicou o receio dos gestores de PMEs com transporte, segundo os resultados de pesquisa realizada por seguradora internacional
Paulo Alves - Diretor de Linhas Comerciais da Zurich
Paulo Alves, diretor de Linhas Comerciais da Zurich

Os gestores de PMEs nacionais têm dado maior atenção aos possíveis danos sofridos na frota e no transporte de cargas, conforme identifica a Pesquisa Global Zurich realizada com 200 empresas no Brasil. No total 3 mil gestores ao redor do mundo foram entrevistados (200 de cada um dos 15 países participantes). A Pesquisa, anual, está no seu terceiro ano consecutivo.
“A distribuição das mercadorias no território brasileiro é efetuada principalmente pelo transporte terrestre. Hoje 66% das cargas são distribuídas por caminhão, e o empresário precisa estar atento na contratação do agente transportador observando a sua tradição em transportar o tipo de mercadoria e nas principais rotas, além de exigir motoristas qualificados e caminhões apropriados”, afirma Paulo Alves, Diretor de Linhas Comerciais da Zurich Brasil.
“O Brasil sofre muito não somente com o roubo de carga, mas também com os acidentes. Entre as muitas razões deste cenário, posso destacar a péssima qualidade das estradas brasileiras, idade média da frota de caminhão acima de 15 anos elevada principalmente pelos transportadores autônomos, a falta de preparo e planejamento do motorista para a jornada de trabalho, poucos locais apropriados para descanso e pernoite além do gargalo logístico que torna o frete oneroso”, lista Paulo Alves.
Diante deste cenário, cresce a importância de um seguro como o da Zurich, que tem abordagem consultiva para minimizar riscos. “Tendo como missão auxiliar o cliente a entender e se precaver de riscos, a área de gerenciamento de riscos da Zurich disponibiliza aos consumidores uma consultoria profunda que identifica pontos frágeis e apresenta soluções para minimizá-los”, destaca o diretor.
A Zurich, seguradora global com 143 anos de existência, atuação em mais de 170 países e mais de 70 anos de experiência no mercado do Brasil, divulga os resultados da Pesquisa por entender que o compartilhamento de informações resulta na melhor compreensão sobre os serviços que o mercado segurador disponibiliza. “Informações constroem a cultura, e a cultura do seguro tem ainda área para crescer”, afirma Emanuel Baltis, CEO de Global Corporate para o Brasil.
A intenção da pesquisa – e da divulgação dos resultados – é elencar informações sobre expectativas do mercado, de modo a colaborar com a tomada de decisões mais assertivas.  Foram entrevistados executivos de PMEs de diferentes setores, que apontaram expectativas e receios para os 12 meses seguintes à pesquisa.
Realizada anualmente, e em diversos países, a pesquisa também estabelece comparativos e aponta caminhos que as entrevistadas pretendem seguir. Em cada país participaram 200 PMEs.
A análise foi executada pela empresa global de pesquisa GfK entre os meses de julho e agosto de 2015. Foram entrevistados executivos de 3.00 pequenas e médias empresas (0-250 empregados em tempo integral). Entre eles CEO / Proprietários, Gerentes Gerais, CFO / Tesoureiros, COO / Chefe de Operações por país foi incluído. A pesquisa foi realizada com PMEs de 15 países: Alemanha, Áustria, Brasil, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Estados Unidos, Hong Kong, Irlanda, Itália, Malásia, Marrocos, México, Portugal, Suíça, Turquia.
Os líderes das 3.000 empresas foram convidados a identificar até três ações e três desafios vislumbrados para o seu negócio nos 12 meses seguintes. Zurich e GfK continuam acompanhando as PMEs na intenção de compreender como os desafios estão sendo geridos. A decisão da Zurich em investir nesta ampla pesquisa corrobora seu empenho em entender e contribuir com o mercado.

 

K.L.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.