Ultima atualização 02 de março

Abastecimento de água está entre as principais ameaças mundiais

Além da crise hídrica, relatório da Marsh & McLennan aponta riscos para doenças infecciosas, armas de destruição em massa, conflitos interestaduais e mudanças climáticas

água_na_torneira 1

A Marsh & McLennan divulgou hoje (2) o relatório de Riscos Globais 2015. Segundo o documento, a crise mundial de abastecimento de água está entre os riscos que poderá trazer mais ameaças para a população de diversos países nos próximos anos.

Além da crise hídrica, o estudo aponta os riscos para doenças infecciosas, armas de destruição em massa, conflitos interestaduais e mudanças climáticas. Os cinco riscos são mais prováveis de grandes impactos sociais nos próximos dez anos entre os 28 riscos globais avaliados no estudo e categorizados em riscos econômicos, ambiental, geopolítico, social e tecnológico.

O relatório mostra também que há crescente preocupação sobre a capacidade das lideranças mundiais em resolver as questões sociais mais graves frente a ameaça de riscos econômicos, ambientais, geopolíticos e risco social.

Abaixo os destaques do documento:

Riscos globais em termos de probabilidade

– Crises de abastecimento de água (risco social)
– Propagação rápida e maciça de doenças infecciosas (risco social)
– Armas de destruição massiva (risco geopolítico)
– Conflitos interestatais com consequências regionais (risco geopolítico)
– Falha de adaptação à mudança climática (risco ambiental)

Riscos globais em termos de impacto

– Conflitos interestatais com consequências regionais (risco geopolítico)
– Eventos meteorológicos extremos (risco ambiental)
– Falha de governança nacional (risco geopolítico)
– Colapso ou crise estatal (risco geopolítico)
– Desemprego ou subemprego estrutural elevado (risco econômico)

L.S.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice