Ultima atualização 28 de fevereiro

JMalucelli anuncia aumento de 50% no lucro líquido

Juntas, as empresas de seguros JMalucelli – seguradora e resseguradora – apresentaram um lucro líquido ajustado de R$ 83,2 milhões em 2011, ante R$ 55,2 milhões em 2010, evolução de 50,7%.
No ambiente de seguros o volume de prêmios emitidos pela JMalucelli Seguradora no quarto trimestre do ano passado foi de R$ 94,6 milhões, um avanço de 44,6% quando comparado ao trimestre anterior. No mesmo período, o volume de prêmios retidos pela JMalucelli Seguradora, de R$ 36,5 milhões, também foi superior ao obtido no trimestre imediatamente anterior. Este desempenho garantiu a JMalucelli Seguradora um market share de 33,5% no acumulado de janeiro a novembro de 2011, de acordo com os dados da Susep, no mercado de seguro garantia. Seguindo a mesma tendência, o volume de prêmios de resseguros diretos emitidos pela JMalucelli Resseguradora no quarto trimestre foi de R$ 60,2 milhões e o volume de prêmios retidos foi 35,9% superior ao registrado no terceiro trimestre. Seu market share no acumulado dos 11 meses de 2011 foi de 29,9% para o mercado de riscos financeiros, que engloba seguro garantia e seguro de crédito. O negócio da JMalucelli RE é diretamente impactado pelo desempenho da JMalucelli Seguradora, uma vez que ressegura quase a totalidade dos prêmios emitidos pela ela.
Com o laçamento da JMalucelli Seguros ontem em São Paulo, o Paraná Banco em conjunto com a Travelers Companies Inc passam agora a atuar no mercado de Property & Casualty (P&C), por meio de 7 produtos (todos com alguma sinergia com o seguro garantia): riscos de engenharia, riscos nomeados, riscos operacionais, compreensivo empresarial, riscos diversos – equipamentos, responsabilidade civil geral e responsabilidade civil de administradores (D&O) – este último aguardando aprovação da Susep.

Paraná Banco

As operações de seguros responderam por 51,2% do resultado do quarto trimestre de 2011 do Paraná Banco e a JMalucelli Investimentos, empresa controlada pelo Paraná Banco, apresentou no mesmo período um lucro líquido de R$ 2,2 milhões, 4 vezes superior ao registrado no trimestre anterior.
Em 2011 o lucro líquido do Paraná Banco atingiu R$ 359,5 milhões, mais que o triplo do registrado em 2010. Só no quarto trimestre o lucro líquido do Paraná Banco foi de R$ 34,8 milhões, 48,1% superior ao lucro líquido registrado no trimestre imediatamente anterior. O resultado do trimestre foi positivamente influenciado por uma receita de intermediação financeira superior e por um resultado com controladas maior.
A carteira de crédito do Paraná Banco finalizou dezembro de 2011 com um saldo de R$ 1.907,8 milhões o que representa um crescimento de 21,2% na comparação com o mesmo período de 2010. O crédito consignado continua a representar a maior parte da carteira seguido de uma participação crescente das operações de crédito a empresas de middle market, atual foco da companhia. Como estratégia de crescimento para a carteira de middle, o Paraná Banco mantém uma estrutura de triagem dos clientes que qualifica e dá prioridade a lista de empresas potenciais tornando a abordagem comercial mais eficiente.
Como resultado disto o saldo de carteira de middle market em dezembro de 2011, considerando fianças, era de R$ 289 milhões, crescimento de 36,2% na comparação anual. Em dezembro o Paraná Banco recebeu a aprovação para tornar-se uma instituição financeira credenciada a operar com linhas de financiamento do Banco Nacional do Desenvolvimento, o BNDES, com um limite de crédito de R$ 100,0 milhões. As linhas a serem priorizadas serão o PSI – bens de capital, FINAME e PROGEREN.
Tão importante quanto o crescimento de carteira apresentado no ano foi a manutenção da qualidade dos ativos. A razão entre os créditos não performados, vencidos a mais de 60 dias, e a carteira total (NPL) manteve-se estável na comparação com dezembro de 2010 e setembro de 2011. No quarto trimestre de 2011, a originação de crédito consignado foi de R$ 318,1 milhões, 14,4% superior ao originado no quarto trimestre do ano anterior. Este crescimento pode continuar sendo sustentado, mesmo após as medidas macroprudencias que aumentaram a exigência de capital para operações consignadas com prazo superior a 60 meses, sem que haja redução de prazos já que o atual índice de Basiléia do Paraná Banco de 38,3% está acima do mínimo exigido de 11%.

Portais de seguros

J.N.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice