Ultima atualização 22 de novembro

Grupo RSA registra expansão de 11% no terceiro trimestre de 2011

O Grupo RSA divulgou o balanço de suas operações no terceiro trimestre de 2011. Nos primeiros nove meses de 2011, o grupo registrou prêmios retidos de £6.1 bilhões, 11% acima dos valores registrados no mesmo período em 2010.
O crescimento da receita de prêmios foi impulsionado, em grande parte, pela boa perfomance registrada em Mercados Emergentes, divisão que engloba a América Latina e que alcançou prêmios retidos na casa dos £800 milhões, o que representa um aumento de 17% quando comparado ao mesmo período do ano anterior. Na América Latina, especificamente, houve um aumento de 18% dos prêmios, que totalizaram £468 milhões, destacando-se o forte crescimento de dois dígitos no Brasil, impulsionado pelas carteiras de Transportes e Auto Frotas.
Na Europa Central e Oriental, a receita de prêmios subiu 12%, atingindo £163 milhões. Também foi registrado um forte crescimento na Ásia e no Oriente Médio, com um aumento de 20% na receita de prêmios, que totalizou £169 milhões, liderados por Omã e pelos Grandes Riscos (Specialty Lines) em Hong Kong e Cingapura.
Na divisão Internacional, os prêmios emitidos foram de £2.992 milhões, um aumento de 13%, com a Escandinávia alcançando crescimento de 7% e o Canadá chegando a um crescimento expressivo de 20%.
Na divisão Reino Unido, os prêmios atingiram £ 2.318 milhões, com aumento de 7% e destaque para o ramo Pessoa Física, cujos prêmios aumentaram 13%.
“O crescimento de 11% nos prêmios é fruto das iniciativas orgânicas direcionadas, nossas taxas e os benefícios trazidos pelos negócios fechados em 2010. Sinto-me privilegiado por liderar esta grande empresa e confio na nossa capacidade de continuar alcançando nossas metas e gerar lucros sustentáveis” afirma Simon Lee, CEO do Grupo.
Os Mercados Emergentes continuam sendo atrativos. A estimativa para a companhia é alcançar um crescimento de dois dígitos para 2011 e manter o foco na duplicação da receita de prêmios para £2.2 bilhões até o final de 2015.

J.N.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice