Ultima atualização 18 de novembro

Towers Watson anuncia aquisição da EMB

A Towers Watson e a EMB, empresa de consultoria e software especializada em seguros de bens e responsabilidades (P&C, Property & Casualty, na sigla em inglês), anunciaram, hoje, a assinatura de um acordo definitivo para aquisição, pela Towers Watson, das operações mundiais da EMB.
A conclusão da transação, prevista para acontecer nos próximos 60 ou 90 dias, está sujeita às condições habituais de fechamento, incluindo aprovações regulatórias. Esta aquisição deverá enfraquecer levemente o lucro diluído ajustado por ação da Towers Watson para o ano fiscal que termina em 30 de junho de 2011, mas não altera as expectativas financeiras da empresa para o ano fiscal.
“A aquisição da EMB reforça a estratégia da Towers Watson para atender os clientes com soluções cada vez mais sofisticadas de análise de risco e consultoria”, disse Patricia L. Guinn, líder mundial do segmento de Riscos e Serviços Financeiros da Towers Watson.
A EMB foi fundada em 1993 no Reino Unido como a primeira consultoria atuarial dedicada aos seguros de P&C e ao desenvolvimento de software de alto desempenho atuarial. Sua principal especialização em análise de seguros não relacionados à vida, desde então, se expandiu para outras áreas, incluindo consultoria de negócios, marketing e gestão de riscos corporativos. A EMB tem mais de 300 funcionários e, em seu ano fiscal, fechado em abril de 2010, teve um faturamento de mais de £ 40 milhões.
Com 4 mil usuários licenciados em 53 países, os produtos de software da EMB estão estabelecidos nas áreas de P&C, como modelagem financeira, precificação e análise de reserva. EMB Igloo, EMB Emblem, EMB ResQ e outros produtos, complementam e expandem a carteira de softwares oferecidos pela Towers Watson, como RiskAgility, MoSes, Simulum e Pretium, entre outros.
“A EMB teve enorme sucesso ao longo dos últimos 17 anos, mas, para permanecer na ponta e manter a nossa evolução, decidimos que este era o momento certo para buscar um grande parceiro. O desenvolvimento contínuo de nossos softwares e ofertas de consultoria se beneficiarão da força e amplitude da Towers Watson”, disse Rory O’Brien, sócio-diretor da EMB.
Segundo Patricia e O’Brien, as duas empresas compartilham da cultura de “clientes em primeiro lugar”, além de possuírem forças complementares de negócios. Guinn acrescenta que a Towers Watson pretende trabalhar em colaboração com os clientes da EMB para preservar a continuidade das equipes de trabalho e serviços.

J.N.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice