Ultima atualização 10 de fevereiro

VI Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros distribuiu R$ 120 mil a jornalistas

A Revista Apólice ficou em 3º lugar na categoria Mídia Especializada com a matéria "Exemplar volta por cima", do jornalista André Felipe de Lima
ens
Tarcísio Godoy

O mercado de seguros viveu na última quarta-feira, 8 de janeiro, uma noite de emoção e congraçamento. Em cerimônia realizada em São Paulo (SP), na sede da ENS (Escola de Negócios e Seguros), foram anunciados os vencedores do VI Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros, organizado pela Escola com apoio institucional da Fenacor (Federação Nacional dos Corretores de Seguros) e da CNseg (Confederação Nacional das Seguradoras).

Com uma plateia composta por mais de 100 pessoas e transmissão pelo canal da ENS no YouTube, o evento teve como mestre de cerimônia o vice-presidente da Fenacor, Érico Melo. Coube ao diretor geral da ENS, Tarcísio Godoy, abrir as atividades. Ao saudar a presença de autoridades, personalidades, jornalistas e de Carlos Alberto Sardenberg, apresentador e comentarista da CBN, colunista do jornal O Globo e embaixador da sexta edição do Prêmio de Jornalismo em Seguros, Godoy fez um agradecimento especial às patrocinadoras. “Muito obrigado por ajudarem a manter viva esta iniciativa que leva tantos esclarecimentos sobre a nossa indústria para toda a população brasileira”.

Após apresentar a palestra “Perspectivas econômicas e o mercado de seguros em 2023”, Sardenberg enalteceu o papel da imprensa. “Ao traduzir o universo do seguro, o jornalista apresenta uma informação relevante de maneira agradável e fácil de ser compreendida, por isso, eu gostaria de cumprimentar os colegas por este trabalho que é importante para o setor, para o público e para o jornalismo também”.

Autoridades destacam papel da imprensa

De acordo com o presidente da ENS, Lucas Vergilio, com a organização do Prêmio, a instituição reforça um de seus objetivos institucionais, que é a difusão da cultura do seguro em todo o País. “Em sete meses, mais de uma centena de jornalistas, das cinco regiões do País, produziram mais de 300 reportagens de alta qualidade, que mostraram para a população brasileira a relevância deste valioso instrumento de proteção de vida e de bens que é o seguro”, frisou Vergilio, que anunciou a realização da sétima edição do Prêmio, em 2024.

Idealizador do Prêmio e homenageado no evento, o presidente da Fenacor, Armando Vergilio, também reconheceu a importância dos jornalistas. “Nossa Federação criou o Prêmio em 2016, tendo como objetivo principal difundir a conscientização da sociedade sobre a relevância do seguro para as pessoas, as famílias e os negócios. Esse objetivo vem sendo alcançado com o inestimável apoio da imprensa, que, a exemplo do seguro, também protege um patrimônio valioso para toda a população brasileira: o inalienável direito à informação”.

Já o presidente da CNseg, Dyogo Oliveira, chamou a atenção para a necessidade de o setor se comunicar melhor com a sociedade, desmistificando o ‘segurês’. “Estamos engajados em uma grande cruzada de comunicação do seguro, tentando deixar de lado a linguagem técnica do setor e buscando uma linguagem mais facilmente compreensível pelos consumidores”.

Outras personalidades presentes foram o superintendente da Susep, Carlos Queiroz, o presidente do Instituto Brasileiro de Autorregulação do Mercado de Corretagem de Seguros (Ibracor), Joaquim Mendanha – que também discursaram –, o presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros de São Paulo (Sincor-SP), Boris Ber, executivos das três entidades organizadoras (ENS, Fenacor e CNseg) e representantes das patrocinadoras.

Os discursos, a palestra de Sardenberg, a premiação e os demais momentos do evento podem ser vistos na íntegra neste link.

Patrocinadoras

Das cinco categorias em disputa, quatro já eram conhecidas dos jornalistas: Mídia Impressa, Audiovisual (incluindo Rádio e TV), Webjornalismo e Mídia Especializada do Mercado de Seguros. A quinta categoria foi uma novidade desta edição, abordando o tema Inovação, e teve os naming rights adquiridos pela patrocinadora Master, a MAG Seguros, dando origem ao Prêmio Especial “MAG Seguros Inovação”.

Outras quatro seguradoras também participaram como patrocinadoras: Bradesco Seguros (Ouro), Capemisa Seguradora (Prata), Tokio Marine Seguradora (Prata) e Vertical Porto Seguro (Prata).

Cada categoria teve cinco finalistas, escolhidos por uma Comissão de Seleção. Foram premiados os três melhores trabalhos, eleitos pela Comissão de Julgamento. Com um total de R$ 120 mil, a premiação foi distribuída da seguinte maneira: R$ 15 mil para cada primeiro colocado, R$ 6 mil para cada segundo colocado e R$ 3 mil para cada terceiro colocado.

Desde 2016, o Prêmio soma mais de 3.800 trabalhos inscritos, produzidos por cerca de 800 profissionais. Considerando as seis edições, o total de premiação ultrapassa a casa de R$ 1,1 milhão.

Brevemente, será anunciado o novo prazo de inscrições da próxima edição do Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros. A seguir, veja a classificação final do Prêmio

PRÊMIO ESPECIAL “MAG SEGUROS INOVAÇÃO”

1º) “Tecnologia e regulação redesenham os seguros”

Autor: Henrique Gomes Batista

Veículo: Jornal O Globo (Rio de Janeiro / RJ)

2º) “InsurCast Podcast – Falando sobre seguros”

Autor: Rodrigo Kenji Arasaki (Coautor: Rafael Botaro)

Veículo: Youtube / Instagram / LinkedIn

3º) “A hora de se tornar digital”

Autor: Bernardo Vicente Tabak

Veículo: Revista Insurtalks

4º) “Podcast Gazeta: Momento seguro – Não é só sinistro: veja serviços que seu seguro tem e você nem sabe!

Autor: Djaildo Costa Batista de Almeida (Coautor: Rogerio Costa)

Veículo: Rádio Gazeta FM / Gazeta WEB (Maceió / AL)

5º) “Mercado de seguros no Brasil se reformula com aposta em tecnologia”

Autor: Alan Magno Bentes (Coautora: Beatriz Cavalcante)

Veículo: Jornal O Povo (Fortaleza / CE)

CATEGORIA MÍDIA IMPRESSA

1º) “Novas apólices de seguros cobrem de Pix a home office”

Autor: Sérgio Tauhata

Veículo: Jornal Valor Econômico (São Paulo / SP)

2º) “Cobertor curto”

Autora: Nereida Vergara

Veículo: Jornal Correio do Povo (Porto Alegre / RS)

3º) “Pode rezar, mas com seguro”

Autora: Juliana Bevilaqua (Coautora: Babiana Mugnol)

Veículo: Jornal Pioneiro (Caxias do Sul / RS)

4º) “Pagar menos no plano de saúde é possível: portabilidade, downgrade e pesquisa de preços são opções”

Autora: Stephanie Tondo

Veículo: Jornal Extra (Rio de Janeiro / RJ)

5º) “Vai e vem da covid mexe com resultados”

Autora: Simone Goldberg

Veículo: Jornal Valor Econômico (Rio de Janeiro / RJ)

CATEGORIA AUDIOVISUAL (INCLUI RÁDIO E TV)

1º) “Efeito Um Grau: as mudanças climáticas, seus impactos no campo e os desafios de expansão do seguro agrícola”

Autor: Luan Vosnhak (Coautores: Marcelo Feble, Helena Gonçalves e Marinês Barboza)

Veículo: NDTV Record TV (Florianópolis / SC)

2º) “Importância dos seguros”

Autor: Wagner Oliveira (Coautores: Priscila Assis, Raquel Andrade, Wilson Neto, George Cordeiro e André Eikon)

Veículo: TV Guararapes / Record TV (Recife / PE)

3º) “Insurtech tá on: tecnologia revoluciona mercado de seguros com personalização de produtos e contratações simplificadas”

Autora: Giselle Loureiro

Veículo: Rede Amazônica / Sucursal Brasília (Brasília / DF)

4º) “Open insurance: oportunidades e desafios em um mercado em expansão”

Autora: Laura Zschaber (Coautores: Bruno Lima, William Félix, Aline Scarponi e David Duarte)

Veículo: Rede Minas (Belo Horizonte / MG)

5º) “Série Seguros – Importância e crescimento no mercado”

Autor: Christhian Jhon Gomes Sousa (Coautora: Laudiceia Uchoa)

Veículo: Rádio Antares (Teresina / PI)

CATEGORIA WEBJORNALISMO

1º) “Seguro de vida para sucessão pode ser 20 vezes mais caro que versão tradicional; veja como funciona”

Autora: Giovanna Sutto

Veículo: Revista InfoMoney

2º) “Agronegócio tem seguro de trator, boi e peixe, mas só 20% estão protegidos”

Autora: Claudia Varella

Veículo: Portal UOL

3º) “A revolução das insurtechs”

Autora: Claudia Rolli

Veículo: Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios

4º) “Uma revolução no mercado de seguros”

Autora: Monica Miglio Pedrosa

Veículo: Experience Club – EXP

5º) “Será a vez da Dasa entrar no mercado de planos de saúde, em meio à consolidação do setor?”

Autora: Beth Koike

Veículo: Jornal Valor Econômico

CATEGORIA MÍDIA ESPECIALIZADA DO SETOR DE SEGUROS

1º) “Sem seguro ou com taxas maiores?”

Autora: Caroline Rodrigues

Veículo: Revista Cobertura (São Paulo / SP)

2º) “Ruptura na cadeia global de suprimentos não deixa ninguém imune”

Autora: Karin Fuchs

Veículo: Revista Cobertura (São Paulo / SP)

3º) “Exemplar ‘volta por cima’”

Autor: André Felipe de Lima

Veículo: Revista Apólice (São Paulo / SP)

4º) “O open insurance é uma evolução para o setor?”

Autora: Thaís Ruco

Veículo: Revista Cobertura (São Paulo / SP)

5º) “A primeira legislação do mundo”

Autora: Kelly Lubiato

Veículo: Revista Apólice (São Paulo / SP)

N.F.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.

Powered By
Best Wordpress Adblock Detecting Plugin | CHP Adblock