Ultima atualização 08 de setembro

Produto da pandemia, o seguro automóvel cai até 27% no último semestre

O preço do seguro para veículos desceu entre 11% e 27% se comparados com os valores publicados em julho de 2019

A chegada da Covid-19 veio modificar regras de comercialização de produtos e serviços em muitos setores da economia. No caso dos seguros de carro, uma das consequências se reflete na queda geral dos preços das apólices. A preocupação aparece já que, mesmo com a baixa no custo, só neste ano, no período compreendido entre janeiro e abril o lucro ingressado nas companhias por causa de contratantes de coberturas caiu em mais de R$ 1 bilhão. Isto se deve a diminuição do volume de vendas.

De acordo com o levantamento efetuado pela ThinkSeg o preço do seguro para veículos desceu entre 11% e 27% se comparados com os valores publicados em julho de 2019. A variação do preço de cada cobertura depende do modelo de carro analisado assim como outros fatores. Neste caso a pesquisa estudou as mudanças das apólices de cinco modelos, todos eles 2020: Ka, Gol, HB20, Onix e Polo. O levantamento foi feito em grandes cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Fortaleza e Brasília e baseado num perfil de segurado homem ou mulher de 35 anos, casados, dirigindo o carro 20 km por dia e guardando o carro numa garagem. 

Ao procurar os fatores que possam explicar este fenómeno, se destaca a forte diminuição de até 40% nas vendas de carros no primeiro semestre se  comparado com o ano passado. Os números parecem estar melhorando mas ainda são negativos: as vendas de julho continuam sendo 28% menores do que as do mesmo mês de 2019. Contrário as estimações de crescimento do mercado de 10% -feitas no começo de ano- atualmente a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores projeta uma queda anual nas vendas de veículos novos de 36,4%.

Mais um fator influente é o caso das pessoas estarem postergando a contratação de seguros com vigência de um ano por causa das flutuações e falta de certezas próprias da atual pandemia. 

Na comparação da variação de preços das apólices nos diversos modelos, aquele que mais caiu foi o Hyundai HB20 variando um 14% para mulheres e 27% para homens. O VolksWagen Gol ficou em segundo lugar com diminuição de 18% para o sexo feminino e 24% para o masculino. Um caso diverso foi o do Chevrolet Onix, que apresentou uma alta de 3% na cobertura para mulheres ainda que para homens.

A prevenção pode favorecer o aumento nas vendas 

Pode parecer irônico, mas a própria pandemia que é reconhecida como um dos fatores fundamentais na diminuição das contratações por parte das seguradoras, poderia acabar trazendo a esperança para elas. 

De acordo com a edição n° 26 da publicação Conjuntura da Confederação Nacional das Empresas de Seguros (CNseg), é importante levar em conta as variações que vão se produzindo na forma preferencial de deslocamento dos cidadãos com a flexibilização das regras de mobilidade. Concretamente, na escolha de carro versus transporte público, a opção pelo veículo privado vem registrando resultados crescentes na procura de preservar a saúde pessoal perante os riscos de contágio de Covid-19. Segundo a análise, se a tendência se concretizar, estaria ocorrendo proximamente um aumento na venda de carros com o consequente impacto positivo no setor dos seguros automotor para o final do ano.

K.L.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.

Powered By
100% Free SEO Tools - Tool Kits PRO