Ultima atualização 19 de abril

Circuito Cultural Bradesco Seguros apresenta atrações de abril

Plateias de diferentes cidades brasileiras poderão acompanhar musicais, espetáculos teatrais, além de exposições

Abril inicia com diversos espetáculos patrocinados pelo Circuito Cultural Bradesco Seguros. Este mês, as plateias de Americana, Belo Horizonte, Campinas, Curitiba, Goiânia, Jundiaí, Niterói, Rio de Janeiro, São José do Rio Preto e São Paulo poderão conferir os musicais “60! Década de Arromba”, “Cinderella”, “Peter Pan”, “Romeu e Julieta”, além dos espetáculos teatrais “A Invenção do Amor” e “Selfie” e das exposições “Diálogo com o tempo” e “Oscar Oiwa – no paraíso, desenhando o efêmero”.

Com mais de dez produções culturais, entre dramas, comédias, infantis e musicais, voltados para todas as idades e presentes em todo o território nacional, o Circuito Cultural Bradesco Seguros proporciona à população brasileira momentos de lazer e entretenimento.

60! Década de Arromba

Uma superprodução com quase três horas de duração, inúmeros personagens, trocas de figurinos, perucas e muita música. Esse será o cenário que a plateia de São Paulo encontrará ao assistir “60! Década de Arromba”. O espetáculo foi fruto de uma extensa pesquisa que conta a chegada do rádio no Brasil, passando pela televisão, para, já na década de 1960, mostrar a popularização do meio de comunicação mais difundido no país. A partir deste ponto, o musical mostra os principais fatos históricos da época, tendo como trilha sonora canções de artistas consagrados como Roberto Carlos, Dalva de Oliveira, Tom e Vinícius, além de Milton Nascimento.

São Paulo
Temporada: Theatro NET – São Paulo – até 1º de maio de 2018
Horários: quinta e sexta às 20h30, sábado às 21 horas e domingo às 17 horas

A Invenção do Amor

Com um texto criativo e irreverente, “A Invenção do Amor” é uma divertida comédia que acompanha a relação amorosa de casais de diferentes épocas da nossa história. A narrativa se inicia no período das cavernas, mostrando o cotidiano de Nhaca (Maria Clara Gueiros) e Croc (Guilherme Piva). Como num piscar de olhos, a plateia é transportada ao castelo do Rei Salomão, a tragédia de Romeu e Julieta e até ao sertão de Lampião e Maria Bonita. Assim, com história de diferentes casais, o espetáculo vai do amor idealizado ao proibido, mas também mostra as dificuldades em se manter unidos, como o divórcio e a briga pelos filhos. Ao fim, as personagens acabam em um divã para discutir as condições que envolvem as relações amorosas.

Goiânia
22 de abril – Teatro Madre Esperança Garrido, domingo às 18 horas e 20 horas

Belo Horizonte
28 e 29 de abril – Teatro Bradesco, sábado às 21 horas e domingo às 19 horas

Cinderella

Que menina nunca sonhou com um príncipe encantado? Esse é um desejo universal que deu origem a uma série de contos de fadas que se perpetuam de geração em geração. Nenhum deles, contudo, é mais famoso do que Cinderella, a gata borralheira que se transforma em princesa por um dia e encontra seu grande amor graças ao sapatinho de cristal perdido. E assim são felizes para sempre. Essa célebre história de amor desembarca no Nordeste para uma série de apresentações, tendo Bruna Guerin como Cinderella.

Belo Horizonte
Teatro Sesc Palladium – dias 27, 28 e 29 de abril de 2018

Como é que pode?

Como é que Pode? leva em conta o talento de Gabriel como ator e comediante, costurando os números de mágica com textos de humor, recursos dramáticos e o uso de videos que tornam o espetáculo ainda mais ágil e divertido. Tudo isso dirigido pelo humorista Leandro Hassum. Os textos são do proprio Gabriel e de Mauricio Rizzo, redator de varios seriados de humor, entre eles a “Grande Familia”, “Cilada” e “A Diarista”.

Rio de Janeiro
Teatro dos Grandes Atores: até 29 de abril
Horários: sexta a sábado às 21 horas e domingo às 20 horas

Diálogo com o tempo

O projeto tem a intenção de apoiar um debate positivo sobre o envelhecimento e diminuir as perspectivas negativas sobre o avanço da idade. Permite que os visitantes experimentem o mundo das pessoas idosas ao apresentar vários aspectos sobre a idade de forma criativa e positiva. Uma exposição que quebra preconceitos e transforma a aproximação entre gerações. Os visitantes passam por seis diferentes ambientes cenograficamente desenvolvidos. Utilizam equipamentos que simulam “o peso da idade e a dificuldade de locomoção”. Todos os visitantes serão acompanhados por todo percurso por Guias acima de 70 anos, masculino e feminino.

São Paulo
Unibes Cultural: até dezembro de 2018
Dias e Horários: de terça a sábado das 10h30 às 12 horas e das 14 horas às 17h30

Oscar Oiwa – no paraíso, desenhando o efêmero

Exposição de artes do brasileiro que morou em Tóquio por 11 anos, possui acervos importantes por grandes galerias pelo mundo e se destaque pelo tamanho de suas obras 227 x 888 cm.

São Paulo
Japan House: até 3 de junho de 2018
Dias e Horários: Terça a sábado – 10 horas às 22 horas / Domingos e feriados – 10 horas às 18 horas

Peter Pan

A viagem para a Terra do Nunca já tem data marcada. “Peter Pan”, vencedor de três Tony Awards, um dos prêmios de teatro mais prestigiados do mundo, chega ao Brasil para temporada em São Paulo. A versão nacional do musical contará com uma novidade: o papel do menino que não queria crescer será, pela primeira vez, interpretado por um ator, quebrando a tradição de mulheres no papel-título do espetáculo. No elenco, nomes como o do experiente ator de musicais, Daniel Boaventura, e de Bianca Tadini, tornarão “Peter Pan” um dos musicais mais aguardados do ano.

São Paulo
Teatro Alfa – Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722, Santo Amaro, São Paulo – SP
Temporada: até 15 de julho. Quintas e sextas, às 20h30; sábados, às 16 horas e 20 horas; e domingos, às 17 horas

Romeu e Julieta

A mais famosa história de amor escrita por William Shakespeare estreia em março no Rio de Janeiro. Desde seu lançamento, a obra literária do escritor inglês é uma das mais levadas aos palcos, contando o romance de dois jovens, cuja morte une as suas famílias, até então inimigas. Bárbara Sut e Thiago Machado são os protagonistas do musical, que conta com nomes como Ícaro Silva, Pedro Caetano e Stella Maria Rodrigues. As canções de Marisa Monte serão responsáveis por embalar a narrativa do espetáculo.

Rio de Janeiro
Teatro Riachuelo – Rua do Passeio, 40, Centro, Rio de Janeiro – RJ
Temporada: até 20 de maio. Quintas, às 19 horas; sextas, às 20 horas; sábados, às 16 horas e 20 horas; e domingos, às 18 horas

Selfie

A peça conta a história de Cláudio (Mateus Solano), um homem super conectado que armazena toda a sua vida em computadores, redes sociais e nuvens. Debruçado sobre um projeto de criar um sistema único para armazenamento de todos os dados de uma pessoa, vê seu sonho ir água abaixo quando deixa cair um café em seu equipamento, que sofre uma pane e apaga tudo. Ele então torna-se um homem sem passado, já que não se lembra de nada, pois toda sua memória era virtual. A partir daí, Claudio inicia uma saga em busca da memória perdida, recorrendo a vários personagens de sua vida (onze, ao todo, vividos por Miguel Thiré) para reconstituir sua história.

Campinas
Teatro Iguatemi (515 lugares) – dias 20, 21 e 22 de abril, sexta às 21 horas, sábado às 21h30 e dom às 19 horas

Americana
Teatro Municipal Lulu Benencase (780 lugares) – dia 27 de abril, sexta às 20 horas

Jundiaí
Teatro Polytheama (1216 lugares) – dia 28 de abril, sábado às 21 horas

São José do Rio Preto
Teatro Paulo Moura (900 lugares) – dia 29 de abril, domingo às 18 horas

L.S.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice