Ultima atualização 08 de maio

Willis Group cresce mais de 4% no primeiro trimestre de 2014

Companhia destaca forte crescimento nos mercados emergentes, na América do Norte e em Resseguros

A Willis Group anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2014.Entre os principais destaques do trimestre, encerrado em 31 de março de 2014, estão:

  • Receita de US$ 1,097 bilhão no primeiro trimestre, comparado com US$ 1,046 bilhão referente ao mesmo período de 2013.
  • Lucro por ação de $1,35, um crescimento de 8,9% em relação ao mesmo período do ano anterior.
  • Lucro líquido de US$ 246 milhões em comparação aos US$ 219 milhões no mesmo período de 2013.
  • Crescimento orgânico em comissões e fees de 4,2%.

“Começamos 2014 com um trimestre de sólido crescimento e com contribuições positivas de cada um dos nossos segmentos. Willis Internacional e Willis Norte América ambos cresceram fortemente. Willis Global cresceu com uma forte contribuição dos negócios de resseguro, pela área de varejo no Reino Unido e também pelas empresas de seguros de especialidade,” disse o CEO do Grupo, Dominic Casserley. “O lucro operacional ajustado correspondente ao ano anterior, enquanto nós continuamos a investir em regiões de maior crescimento tais como mercados emergentes, empresas como Global Wealth Solutions na Ásia e melhorias de serviço ao cliente como nossa iniciativa Connecting Willis”.
Casserley complementa: “Em nossa Conferência com os Invetidores em 2013, traçamos uma estratégia de longo prazo, com investimentos contínuos que guiem o crescimento orgânico. Além disso, estabelecemos que o spread entre as receitas e despesas deve ser, em média, igual ou superior a 70 pontos-base resultando na geração de um maior fluxo de caixa. Permanecemos confiantes nisso e comprometidos com esse plano. Além disso, a medida que continuamos a investir para aumentar as receitas, também temos a oportunidade de tomar novas ações em relação às despesas. Hoje estamos lançando um programa plurianual de melhoria operacional desenhado para fortalecer o atendimento ao cliente e garantir uma economia de custos de aproximadamente US$420 milhões até 2017 e outros US$300 milhões a partir de 2018”.

Divisão Internacional
A Divisão Internacional reportou um crescimento orgânico de 7,2% em comissões e fees no primeiro trimestre de 2014, comparado com o mesmo período em 2013. As operações da América Latina cresceram dois dígitos no período, com resultados fortes no Brasil e um bom desempenho da Venezuela, Argentina, Chile e México. As operações na Europa Ocidental também registraram crescimento com contribuições positivas de quase todos os países da região. Já a Europa Oriental registrou crescimento de dois dígitos e as operações na Ásia estiveram fortes, lideradas por China e Hong Kong. 

T.C.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice