Ultima atualização 20 de março

Seguradoras acusam GM de 303 mortes por adiar recall nos EUA

A soma de carros envolvidos pode passar de 1,7 milhão de unidades

carroA General Motors pode estar prestes a enfrentar sua pior crise, considerando até mesmo a concordata durante a turbulência financeira de 2008-09, quando foi salva da quase-extinção com o dinheiro da Casa Branca, do contribuinte canadense e dos fundos de pensão. O problema é o adiamento do recall de cilindros de ignição de carros fabricados entre 2003 e 2007 na América do Norte. Parecia algo bobo, mas a soma de veículos envolvidos pode passar de 1,7 milhão de unidades. Pior: uma empresa ligada a seguradoras do Texas afirma que a falha pode ter causado 303 mortes.
Segundo a Friedman Research Corporation, que presta serviços a diferentes seguradoras automotivas e está sediada em Austin (capital texana), uma nova análise dos dados americanos sobre acidentes mostra que mais de 300 mortes em acidentes nos últimos anos pode ter relação direta com a falha do cilindro de ignição. A informação foi publicada pelo jornal “The New York Times” desta quinta-feira (13).
O defeito parece risível em um primeiro momento: o miolo do cilindro da ignição de alguns carros se desgasta com o tempo e pode não aguentar o peso do chaveiro (e de outros penduricalhos usados pelo motorista) junto à chave do carro. A chave carregada pode rodar dentro do cilindro para a posição de desligar, mesmo com o carro em movimento. Com o carro desligado, as rodas podem travar e pedal de freio, câmbio e mesmo airbags e freios com ABS (antitravamento) deixam de funcionar — qualquer um desses fatores pode causar acidentes graves.
A falha envolve os modelos Chevrolet Cobalt (o americano, sem qualquer relação como brasileiro), Pontiac G5, Pontiac Pursuit fabricados entre 2005 e 2007 e vendidos no Canadá; Saturn Ion 2003 a 2007, Chevrolet HHR e Pontiac Solstice 2006 a 2007 e Saturn Sky 2007, estes últimos vendidos nos Estados Unidos.

Fonte: Portal UOL

A.C.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice