Ultima atualização 29 de março

Programa Amigo do Seguro terá novas turmas em São Paulo

Este ano, o Programa Amigo do Seguro terá novas turmas no estado de São Paulo. As cidades que receberão o projeto são Santos, Campinas, Ribeirão Preto e a capital paulista. O processo seletivo deverá começar no meio do ano e a turma iniciará no segundo semestre. O projeto é realizado nacionalmente pela Escola Nacional de Seguros (Funenseg) e é uma ação de responsabilidade social criada para dar oportunidade de qualificação profissional a jovens com idades entre 16 e 20 anos que estiverem cursando o Ensino Médio em escolas públicas.
Os treinamentos são realizados de acordo com a demanda das empresas por estagiários e já aconteceram em Belo Horizonte (MG), Blumenau (SC), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Goiânia (GO), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Santos (SP), São José do Rio Preto (SP) e São Paulo (SP). Na unidade São Paulo, de 2006 a 2011 foram 77 alunos formados no total. Nas unidades Campinas, Ribeirão Preto e Santos, desde 2005 foram 233 alunos formados.
Na cidade de São Paulo, a última turma foi iniciada no segundo semestre de 2011 e terá a formatura em breve – o evento estava marcado para acontecer no dia 27 de março, mas devido à chuva que atingiu São Paulo foi adiado. A nova data para o evento é dia 10 de abril, às 18h30.
Em São Paulo o projeto foi implantado em 2005. Segundo a gerente regional da Escola para o Estado, Sonia Regina Ribas da Costa, o conteúdo das aulas daqui são um pouco diferentes do resto do Brasil, devido às diferenças regionais. “Em São Paulo a demanda por vagas de emprego é menor do que no Nordeste, por exemplo. Lá há mais necessidade de mão-de-obra especializada, já aqui a concorrência é muito maior”, diz. O curso paulista contém 123 horas de treinamento, com aulas de Português, Matemática Instrumental, Informática e disciplinas técnicas. Há também orientação vocacional e profissional e rotinas administrativas. “Aqui também as corretoras nos pedem um trabalho mais intenso sobre rotinas administrativas – textos e ferramentas. Por sua vez, a informática não é tão aprofundada aqui, porque hoje todos eles sabem mexer em computador. Nas escolas de São Paulo já existem muitos laboratórios de informática e há também muitas lan houses, mesmo nas periferias”, explica.
Sonia conta que na última turma 13 alunos se formaram. Segundo ela, muitos acabam desistindo no meio do curso porque arrumam emprego e, como precisam ajudar financeiramente as famílias, fica difícil conciliar tudo. “Além disso, apesar de estudarem em escolas próximas à Funenseg, muitos moram longe”, completa a gerente regional.
Daqueles que terminam o curso, cerca de 50% a 60% conseguem ser encaixados no mercado de seguros logo após a formatura – geralmente são encaminhados para corretoras, mas algumas seguradoras os contratam também. Sonia comenta que há bastante interesse e demanda pelos formandos, principalmente por parte das corretoras. Porém, falta agilidade no processo de contratação. “Para a última formatura tivemos 50 inscrições de interessados em conhecer o projeto, a maioria corretores. Temos casos de ex-alunos do projeto que acabaram fazendo o curso de habilitação para corretores para continuar trabalhando na corretora”, comemora.
Ela destaca que uma das vantagens ao contratar um jovem formado pelo programa Amigo do Seguro é a corretora não precisar explicar tudo sobre o mercado de seguros, mas poder “moldar” o funcionário ao seu modo de trabalhar. “Queremos despertar o interesse nas corretoras de contratar esses jovens que já têm vocabulário mais apurado e o conhecimento mais focado em seguros e continuar preparando-os, ‘criá-los’ dentro da empresa”, observa Sonia.
Quem tiver interesse em saber mais sobre o projeto ou como contratar os jovens formados deve entrar em contato com a Escola Nacional de Seguros. O site é www.funenseg.org.br .

Revista Apólice área de seguros no Brasil

Jamille Niero
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice