Ultima atualização 13 de janeiro

Marinho Despachantes oferece serviço para regularizar documentação automotiva

O vencimento da primeira parcela do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) começou na última terça, 11 de janeiro, conforme o final da placa do veículo. A alíquota do imposto ficou em média 7% mais barata, em virtude da redução nos preços de venda praticados no varejo.
A presidente da Marinho Despachantes, Elza Aguiar, lembra que o calendário também vale para os motoristas que optarem pela quitação integral, que neste caso, terão direito a um abatimento de 3%. ?Se o contribuinte tiver uma reserva de dinheiro, o ideal é optar pelo pagamento à vista. Caso contrário, o parcelamento, que pode ser feito em três vezes, é a melhor solução?, aconselha. Caso não ocorra o pagamento do IPVA, o motorista ficará impedido de efetivar o licenciamento e o veículo estará sujeito à apreensão, podendo ser posteriormente leiloado pelo DETRAN.
Outra alternativa para escapar das sanções pela falta de pagamento ? multa de 0,33% por dia de atraso e juros sujeitos a variação da taxa Selic ? é utilizar o Serviço DocFácil, que entrega, em até 48 horas, a documentação completa e regularizada do veículo no endereço que o cliente desejar, na região da capital ou grande São Paulo.
?A dica é: sempre deixe em dia seu IPVA, seguro obrigatório e taxa de licenciamento. A Marinho Despachantes é pioneira no desenvolvimento de soluções direcionadas às necessidades de cada cliente, parcelando o financiamento de todos os débitos pendentes em até 24 vezes, incluindo eventuais multas, nos casos em que o parcelamento oficial não pode ser feito em função do atraso no pagamento?, explica Elza.

Veículos tributáveis
A frota de veículos no Estado é de, aproximadamente, 18,3 milhões de carros. Destes, cerca de 13,8 milhões estão sujeitos ao recolhimento do IPVA, 4,3 milhões estão isentos por terem mais de 20 anos de fabricação e 150 mil são considerados isentos, imunes ou dispensados do pagamento (taxistas, pessoas com deficiência, igrejas, entidades sem fins lucrativos, veículos oficiais e ônibus/microônibus urbanos).
A Fazenda prevê arrecadar R$ 9,5 bilhões com o IPVA em 2011. Deste total, 50% pertencem aos municípios de registro dos veículos.
Para outras informações, acesse www3.fazenda.sp.gov.br ou www.marinhodespachantes.com.

J.N.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.

Powered By
100% Free SEO Tools - Tool Kits PRO