Ultima atualização 02 de março

Estudo revela perfil do consumidor que busca seguro auto na internet

Segundo um levantamento da Zipia, a predominância dos usuários que pesquisam sobre o produto na internet é do sexo masculino (71%)

Nos últimos anos, o comportamento do consumidor brasileiro vem mudando
significativamente no que diz respeito à procura por produtos no mercado, muito por
conta das novas tecnologias que facilitam as pesquisas. No setor de seguros, não é
diferente, sobretudo na busca por seguro automóvel.

Para entender melhor essas transformações, a Zipia, insurtech que conecta
corretores de seguros com leads através do marketing digital, realizou um
levantamento sobre o perfil do consumidor que procura por seguro auto na internet.
A apuração feita pela empresa teve duração de 12 meses, utilizando como base 356
mil usuários que buscaram ativamente pela modalidade na web de janeiro a
dezembro de 2022.

O estudo aponta que 69% das buscas são feitas no celular. Dois terços das
pesquisas são feitas por consumidores que ainda não possuem seguro de
automóveis, enquanto um terço dos leads está cotando renovação – dado que
aumentou em relação ao início do ano, quando o percentual de procura por novos
seguros era próximo a 73%.

Gênero e faixa etária

O levantamento mostrou que a predominância dos usuários que pesquisam sobre
seguro auto na internet é do sexo masculino (71%).

Entre homens e mulheres, a idade média dos consumidores é de 39 anos, sendo a
faixa etária mais frequente de 31 a 35 anos (18%).

Região e idade do veículo

Do universo pesquisado, 56% são do Sudeste, representatividade maior que os
53% da frota emplacada na região.

Do total, 26% da procura por seguro auto são para carros com até 3 anos de uso,
25% de 10 anos ou mais – com média de 6,8 anos.

Preferência de abordagem

Quando perguntados, 84% dos leads apontaram que preferem prosseguir com o
atendimento por Whatsapp ou chat (apenas 16% por telefone).

Crescente potencial de vendas

Para os profissionais do mercado de seguros, os dados levantados na pesquisa
apresentam uma oportunidade grande e crescente. Cada vez mais, os clientes têm começado a jornada de compra na internet. Ainda assim, preferem falar com um
profissional antes de fechar a compra.

Com essa demanda, surgem desafios para os corretores de seguros: a construção
de relacionamento e engajamento com o lead.

Segundo o estudo The Future Of Commerce Needs A New Media Approach, da
Criteo, em parceria com a Forrester, melhorar a experiência do cliente (82%) é a
principal prioridade das empresas em 2022. Os dados apontam que o foco também
está na jornada do consumidor e o impulsionamento de vendas online/off-line (73%).

Os consumidores estão aproveitando os recursos das compras online e buscando
produtos que conversem com suas expectativas. As pesquisas podem começar
despretensiosas pelos smartphones, mas com o auxílio de um profissional, a
intenção pode resultar em uma compra.

Existe um mito no mercado de que o cliente online só quer saber o preço do
produto. Mas conforme mostrou a pesquisa da Zipia, a maioria dos leads deseja
prosseguir o atendimento com um especialista para tirar dúvidas e obter mais
informações. Top performers não são necessariamente aqueles que oferecem
preços mais baixos, mas sim aqueles que engajam melhor com o cliente.

Outro dado interessante levantado foi de que 14% dos consumidores que procuram
por seguro auto ainda não possuem, de fato, o veículo. O percentual mostra que a
qualificação do lead é um passo necessário que os corretores de seguros devem
estar atentos.

N.F.
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Ads Blocker Detected!!!

We have detected that you are using extensions to block ads. Please support us by disabling these ads blocker.