Ultima atualização 18 de janeiro

Alterra pode operar como resseguradora local no Brasil

A Susep autorizou uma nova companhia a operar como resseguradora local. Denominada Alterra Resseguradora do Brasil, a companhia terá capital social de R$ 80.000.001,00 dividido em 80.000.001 ações ordinárias nominativas, sem valor nominal. O controle acionário e a ingerência nos negócios ficará por conta da Alterra Capital Holdings Limited.
A autorização foi publicada nesta quarta-feira (18) no Diário Oficial da União e aprova também a transformação do tipo societário – de sociedade empresária limitada para sociedade por ações -, a eleição dos membros da diretoria e a reforma e consolidação do estatuto social.
Em comunicado divulgado hoje (19) pela companhia, com sede nas Bermudas, a sede brasileira será no Rio de Janeiro. Carlos Caputo, diretor executivo da Alterra América Latina, acumulará a função de CEO (Chief Executive Officer) da unidade brasileira.
Segundo W. Marston (Marty) Becker, presidente e CEO da Alterra, a resseguradora instalada no Brasil “será um complemento importante para as operações em desenvolvimento da América”. “Alterra Re Brasil irá complementar a nossa Alterra no escritório Lloyd no Rio de Janeiro, proporcionando-nos oportunidades de resseguro adicional. Assumimos o compromisso de aumentar nossa presença nas economias da América Latina, incluindo o Brasil, mercado que experimentou impressionante crescimento de dois dígitos dos prêmios em 2010 “.
A Alterra América Latina foi criada em 2009 e, desde então, já abriu escritórios em Bogotá, na Colômbia, em Buenos Aires, na Argentina, e no Rio de Janeiro. Caputo destaca a contratação de funcionários com conhecimentos do mercado local como uma das estratégias de crescimento da companhia. “Acreditamos que esta estratégia nos permite servir os nossos clientes de forma mais eficaz e é a chave para nosso sucesso na região”.
Recentes mudanças na regulamentação brasileira de resseguros têm reforçado a posição dos resseguradores locais. Há uma norma que torna obrigatório para as companhias de seguros  ceder um mínimo de 40% de cada risco aos resseguradores locais.

Revista Apólice – Portal de Seguros

Jamille Niero
Revista Apólice

Compartilhe no:

Assine nossa newsletter

Você também pode gostar

Feed Apólice